Online note taking app - Notes.ionotes

Fast | Easy | Short

Online Note Services - notes.io

Karina
Karina olhou para o espelho a sua frente.
A luz do camarim iluminava o rosto dela. Sua maquiagem estava perfeita, seus olhos azuis marcados por um lápis nude, sombra branca clara e rímel. Mas o que mais lhe intrigava não era a maquiagem, era o brilho de seus olhos. Como se milhões de pérolas estivessem dentro de sua íris, como se seus olhos sorrissem. E nesse momento, seus lábios demonstraram um sorriso genuído. Ela nunca havia se sentido tão feliz em sua vida. Seu coração pulava de seu peito, suas mãos tremiam e suavam frias de nervosismo, e ela queria chorar. Queria chorar porque hoje era o dia em que ela casaria com o homem de sua vida.
Ela estava disposta a dar tudo à Pedro. Ela já havia se doado, ele havia aceitado e se dado também, e agora era apenas questão de tempo até eles serem um do outro diante de seus amigos e familiares. No entanto, em seus coração, eles já perteciam um ao outro. Eles sempre pertenceram. Mesmo quando as coisas ficaram difíceis, eles aguentaram. Karina sabia que eles pertenciam um ao outro e isso apertava seu coração de tanta alegria.
Ainda olhando para o espelho, sorrindo, Karina se lembrou de todas as vezes que eles discutiram, do quanto foi difícil, de como o amor é difícil. Mas apesar de tudo, o amor que ela sentia por ele, a fazia se sentir cheia, viva. Como se o amor que unia ela à Pedro fosse explodir o coração dela em mil pedaços. Ela não se lembrava de ter se sentido tão feliz em toda a sua vida. Ela quis chorar de alegria e uma lágrima escorreu de seu olho direito. Ela a enxugou e riu, achando aquilo irônico e intrigante, como ela e Pedro haviam sido durante todos os seus momentos juntos.
Nessa hora, ela ouviu a porta do camarim abrir. Ainda sorrindo, mas se assustando, ela se virou rapidamente. "Tudo certo pra você descer, Karina?" Bianca perguntou.
Todos estavam no tatame da Academia do Gael, aonde o casamento aconteceria e, subitamente, Karina foi tomada por uma onda de ansiedade. Ela queria tanto dizer para Pedro que o amava como nunca havia amado nada em sua vida, e que eles seriam pra sempre. Sem pensar, Karina postou sua mão sobre seu pescoço, aonde havia uma gargantilha com uma foto dela e de Pedro, sorrindo, felizes e contentes em Cancún, um ano atrás. Ela guardava o amor deles perto dela, ela gostava de falar, e ela queria que eles sempre fossem felizes. Algo dentro dela dizia que eles seriam.
"Tô mais do que pronta, Bianca. Eu já nasci pronta pra isso." se levantando da cadeira, Karina ficou em pé. Bianca olhou para a irmã surpresa, um brilho em seu rosto, seus olhos quase chorando. Karina estava linda.
O vestido que Karina era branco, tradicional, todo de renda. O caimento do vestido era perfeito, as ondas iam de sua cintura até o chão, tomara que caia, mas o que mais chamava atenção eram sapatos: all stars surrados e pretos. Bianca riu e balançou a cabeça, dizendo: "só você mesmo, Karina!"
Karina riu e saiu do quarto andando meio que tropeçando de tão animada. Quando ela estava saindo pela porta, ela vê João entrando, agarrando Bianca pela cintura e beijando. Ela sorriu porque tudo estava em seu devido lugar.
"Caraca Karina!" ele riu olhando para o all star. "O Pedro tá um ataque de nervos! Acho que vai sair daqui direto pro hospital!"
"O que vocês fizeram com o meu noivo?" Karina fechou a cara e colocou a mão na cintura. "Eu quero ouvir TUDO sobre a despedida de solteiro!!! Se tiver tido stripers, eu te mato João!!"
"Não teve nada disso, né, amor?" Bianca disse, sorrindo sadicamente e olhando para ele com o olhar mais ciumento que Karina tinha visto, fora o dela mesma. "Vocês foram tomar umas, falar sobre futebol..."
"É claro, Bianquinha!" ele riu e passou a mão pela cabeça. "Na real é que o pedro tá nervoso pra se casar com a Karina. Ele tá com medo de errar o que tem que falar, tá com medo de você não aparecer..." João estende a mão para Karina.
Karina não sabia o que fazi, se ri ou se chora. Em que mundo ela desistiria de Pedro?
"Então vamos logo, antes que eu mesma comece a ter um ataque de pelanca. E olha que eu nunca tive isso." Karina sai andando pela porta e Bianca trás a calda do vestido.
Pedro
Pedro não sabia o que fazer. Ele estava impaciente demais. Mesmo olhando para todos aqueles parentes e amigos conhecidos ali, falando com ele enquanto ele era educado e sorria, ele só conseguia pensar em Karina. Em como ela devia estar linda no vestido, em como ela deixava tudo do próprio jeito, como ela sempre o surpreendia. Com eles não tinha mesmice, eles faziam suas próprias novidades. Eles abalavam o mundo um do outro, e ele amava isso.
"E aí cara, tá nervoso pra caramba, ein?" Gael falou com ele e deu um tapinha no ombro de Pedro. O guitarrista sorriu, apesar de nervoso.
"Cara, eu tô com vontade de ir no banheiro e não fazer nada!" Pedro falou, rindo nervoso. "Tô quase tendo um filho aqui!"
"Calminha, calminha!" Gael riu de Pedro e caminhou em direção a escada, de onde Karina entraria. O guitarrista estava soando frio e passou a mão na testa. Pedro olhando para seus pais e que estavam ao seu lado e sorriu. O pai dele, Marcelo, fez um gesto de joinha para Pedro e Pedro sorriu, olhando pra frente e pra galera toda.

Ele e Karina haviam decidido se casar no tatame porque eles sabiam que aquele lugar era um marco para os dois. Era aonde ele e ela haviam começado, ou como TomTom gosta de falar, Perina havia começado. Onde eles tinham aprendido a brigar e se amar. Era aonde ele tinha feito as maiores loucuras por ela, mesmo que ele estivesse errado naquela época. E a Ribalta, o lugar mágico em que eles voltaram, depois que Karina descobriu sobre o acordo de Pedro e Bianca.
Depois de 7 anos, depois deles terem terminado suas faculdades, voltar aquela Fábrica de Sonhos para realizar aquele sonho de se casarem, era um marco pra eles, assim como aquele lugar era um marco para toda a história deles dois juntos ou separados. Eles começaram seguindo seus sonhos separados, ele tocando e ela lutando, e se unirão para sonhar juntos. Era o final de uma era e o início de outra. Pedro e Karina já moravam juntos há 3 anos, trabalhavam com seus sonhos, mas esse casamento era finalmente o que eles mais esperaram, uma reunião para afirmar o que já era mais do que afirmado. Para reassegurar com o ritual que nada os separaria e que eles seriam para sempre. Perina ERA para sempre e nada os separaria. Pedro tinha tanta certeza disso porque ele amava Karina com toda sua alma, corpo e coração, e sabia que Karina sentia o mesmo.

Ele era dela, ela era dele. Simples, complicado e apaixonante, como esses dois juntos sempre foram.

No entanto, Pedro não entendia porque João demorava tanto! Ele e Bianca tinham ido buscar Karina e nada até agora! Se Pedro estivesse pelo menos com a guitarra dele, ele podia estar tocando...

Foi então que, da escadaria da Fábrica de Sonhos, Pedro a viu. E foi como se o mundo dele estivesse se resumido à ela. Nenhuma outra pessoa que estava naquele lugar importava igual ela. Ela era única, singular, e era dele. Ela era toda dele.

O maior sorriso de todos surgiu no rosto de Pedro e Karina o olhou, sorrindo também. O véu branco e delicado cobria as feições dela, enquanto Gael a pegava pelo braço e a conduzia até Pedro. A marcha nupcial que tocava era a música do Rock Balboa, Eye of the Tiger do Survivor, só que em piano.

Pedro não conseguia se controlar, parecia esquisito mas ele queria até mesmo chorar. Ela estava tão linda. Ela era como a melodia mais bonita. Cada traço dela, cada sorriso que ela o dava, cada vez que ela o tocava... Era como se ela fosse o instrumento para transmitir a mágica música que ela tinha. Ela o inspirava, o fazia amá-la mais e wlw iria amá-la todos os dias da minha vida. Karina seria a música favorita dela, a guitarra que ele nunca se cansaria de tocar, o melhor instrumento que ele possuiu... Ela seria o amor dele por toda a vida. Ela era aquilo que o inspirava e que pirava a cabeça dele. Aquilo que o faria amar a vida, mesmo quando fosse tudo difícil. Karina era, é e será pra sempre o maior amor da vida dele.
Enquanto ela caminhava em direção ao ringue, todos a olhavam, mas ela apenas olhava para ele. Como se ela soubesse todos os segredos do mundo e como se ele fosse a coisa mais importante que ela havia possuído em toda a sua vida. O olhar dela era tão apaixonado, tão amoroso, e Pedro sabia que aquele olhar transmitia o que o olhar dele dizia naquele momento, enquanto as luzes da academia refletiam nela, como se iluminasse toda uma aura ao redor dela. O buquê de flores que ela carregava tinha rosas vermelhas, lindas, e ao redor estava amarrado com pequenas luvinhas que caiam nas mãos de Karina. Ele riu pensando "aonde eu fui me meter? Eu amo tanto essa mulher, bem do jeito que ela é, sem mudar nada!".
Karina subiu no ringue só sorrisos e Pedro deu uma risada ao olhar o all star que a garota usava. Ele realmente amava ela e tinha vontade de ficar de joelhos, beijá-la da cabeça aos pés, bem ali. O sorriso que ele exibia era grande o suficiente pra alcançar todos naquele lugar. Ela era a eterna esquentadinha dele, e ele o eterno guitarrista dela. Eles eram pra sempre.
Pra sempre Perina.

Pedro estava impaciente demais. Mesmo olhando para todos os parentes e amigos ali, ele só conseguia pensar em Karina. Em como ela devia estar linda no vestido, em como ela deixava tudo do próprio jeito, como ela sempre o surpreendia. Com eles não tinha mesmice, eles faziam suas próprias novidades. Eles abalavam o mundo um do outro, e ele amava isso.
Pedro viu Gael caminhando em direção a escada, de onde Karina entraria. O guitarrista estava soando frio e passou a mão na testa. Pedro olhou para seus pais que estavam ao seu lado e o pai dele, Marcelo, fez um gesto de joinha para ele e Pedro sorriu, olhando pra frente e pra galera toda.
Ele e Karina haviam decidido se casar no tatame pois eles sabiam que aquele lugar era um marco. Era aonde ele e ela haviam se implicado. Onde eles tinham aprendido a brigar e se amar. Onde ele fez as maiores loucuras por ela, mesmo que ele estivesse errado naquela época.
Foi então que, descendo a escadaria da Fábrica de Sonhos, Pedro a viu. E foi como se o mundo dele fosse resumido à ela. Nenhuma outra pessoa que estava naquele lugar importava igual ela. Ela era única, singular, e era dele. Ela era toda dele. E ele todo dela.

O maior sorriso de todos surgiu no rosto de Pedro e Karina o olhou, sorrindo também. O véu branco e delicado cobria as feições dela, enquanto Gael a pegava pelo braço e a conduzia até Pedro. A marcha nupcial que tocava era a música do Rock Balboa, Eye of the Tiger do Survivor, só que em piano.
O olhar dela era tão apaixonado, tão amoroso, e Pedro sabia que aquele olhar transmitia o que o olhar dele dizia naquele momento. K subiu no ringue só sorrisos , com um buquê de rosas vermelhas, e Pedro deu uma risada ao olhar o all star que a garota usava. Ele realmente amava ela e tinha vontade de ficar de joelhos, beijá-la da cabeça aos pés, bem ali. O sorriso que ele exibia era grande o suficiente pra alcançar todos naquele lugar. Ela era a eterna esquentadinha dele, e ele o eterno guitarrista dela. Eles eram pra sempre.
Eternamente Perina.
     
 
what is notes.io
 

Notes.io is a web-based application for taking notes. You can take your notes and share with others people. If you like taking long notes, notes.io is designed for you. To date, over 8,000,000,000 notes created and continuing...

With notes.io;

  • * You can take a note from anywhere and any device with internet connection.
  • * You can share the notes in social platforms (YouTube, Facebook, Twitter, instagram etc.).
  • * You can quickly share your contents without website, blog and e-mail.
  • * You don't need to create any Account to share a note. As you wish you can use quick, easy and best shortened notes with sms, websites, e-mail, or messaging services (WhatsApp, iMessage, Telegram, Signal).
  • * Notes.io has fabulous infrastructure design for a short link and allows you to share the note as an easy and understandable link.

Fast: Notes.io is built for speed and performance. You can take a notes quickly and browse your archive.

Easy: Notes.io doesn’t require installation. Just write and share note!

Short: Notes.io’s url just 8 character. You’ll get shorten link of your note when you want to share. (Ex: notes.io/q )

Free: Notes.io works for 12 years and has been free since the day it was started.


You immediately create your first note and start sharing with the ones you wish. If you want to contact us, you can use the following communication channels;


Email: [email protected]

Twitter: http://twitter.com/notesio

Instagram: http://instagram.com/notes.io

Facebook: http://facebook.com/notesio



Regards;
Notes.io Team

     
 
Shortened Note Link
 
 
Looding Image
 
     
 
Long File
 
 

For written notes was greater than 18KB Unable to shorten.

To be smaller than 18KB, please organize your notes, or sign in.